prorrogação_287x123O programa de empreendedorismo Acelera MGTI recebe projetos e startups com diversos perfis e estágios de desenvolvimento. Nas modalidades de aceleração e incubação, a aceleradora já atendeu mais de 170 startups de base tecnológica, graduou mais de 80 empresas com a formação de 600 empreendedores, e gerou mais de 1.500 empregos qualificados.

O Acelera MGTI reúne, em um só ambiente, startups com potencial de escalabilidade e crescimento. A Cabtec GTI, criada pelos irmãos Leonardo Lima e Eduardo Lima, fez parte desse seleto grupo, em 2012. Na época com o nome Grade TI, a startup permaneceu seis meses na pré-incubação e cerca de um ano e meio na incubação.

Participar do programa de empreendedorismo foi um período excelente tanto para o crescimento pessoal quanto profissional, na visão de Leonardo. “Tivemos a oportunidade de validar nosso plano de negócio e criar um MVP – Minimum Viable Product com a ajuda de uma equipe multidisciplinar. O contexto criado é muito favorável para o networking, de lá saiu nosso primeiro cliente”, reforça.

A empresa, que nasceu da fusão entre a unidade de RFID (Radio Frequency Identification) da Cabtec com a Grade TI, desenvolve produtos e soluções que visam acabar com problemas de falta de rastreabilidade, identificação, mobilidade, sempre levando soluções inovadoras com foco em redução de custos operacionais e logísticos para seus clientes.

A Cabtec, que trabalha com centros de distribuição, transportadoras, fábricas, indústrias, empresas que dependem de uma boa logística, está tendo um feedback positivo em todas essas áreas. Dentro de seu amplo portfólio de produtos destaca-se o middleware GTIMID, plataforma que garante que possíveis sistemas que serão integrados à solução RFID (ERP, sistemas de gestão e legados) suportem o alto fluxo de informação gerado por essa tecnologia. Outro produto é o GTI PLUG Distribuição, software totalmente direcionado para empresas que precisam gerenciar seus armazéns e estoques, além de rastrear as mercadorias. “É através dessa solução, aliada à tecnologia RFID, que a CABTEC GTI otimiza e facilita processos logísticos que, historicamente, eram dolorosos e complicados”, ressalta Leonardo.

Por que empreender? Leonardo Lima comenta que, desde cedo, o ser humano é treinado e condicionado para agir de acordo com o senso comum. Inclusive, o ensino convencional estimula as pessoas a buscarem segurança e não liberdade. “Eu e meu irmão sempre acreditamos que é muito importante trabalhar com o que amamos porque isso nos dará mais significado e propósito na vida. Penso que não importa a área em que você trabalhe: sempre haverá algum momento em que a situação será difícil. Mas, quando você ama seu trabalho, você estará mais motivado para lidar com problemas. Por isso resolvemos empreender, porque amamos o que fazemos”.

Edital – Você tem uma startup ou um projeto inovador em fase de tração comercial? Inscreva-se, de forma gratuita, no edital do programa de empreendedorismo Acelera MGTI.

As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas até o dia 15 de janeiro de 2015 (sexta-feira), na Plataforma FundaCity, por meio do formulário PRE (Projeto Resumido do Empreendimento), no endereço eletrônico http://www.fundacity.com/aceleramgti/apply/479. Baixe o edital na íntegra e conheça as condições de participação e o processo de avaliação dos empreendimentos.