Empresas aprovadas no Programa Start-Up Brasil começarão processo de aceleração em setembro

fumsoft_imagem_startup_brasilAppProva, Geomais, Heap Up, Leva-lá e Sensimob são as startups que serão aceleradas no Projeto Acelera-MGTI. As cinco empresas foram aprovadas na primeira rodada do Programa Start-Up Brasil, desenvolvido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Agora em setembro, os empreendedores começarão o processo de desenvolvimento, que tem o objetivo de acelerar o sucesso dos negócios no mercado.

Conheça melhor as cinco aprovadas:

AppProva – Aplicativo para incentivar alunos a estudar por meio de um jogo de perguntas, com geração de dados sobre desempenho para as instituições de ensino.

GoGeo – Plataforma de Geo Big Data para desenvolvimento de aplicações geoespaciais e logística.

Heap Up – Plataforma web para pesquisas de mercado com usuários que respondem a questionários de opinião e são recompensados por isso.

Leva-lá – Marketplace de serviços de transporte que conecta embarcadores (empresas e pessoas) e transportadores, promovendo a melhoria da qualidade dos serviços.

Sensimob – Desenvolvimento de aplicativos móveis com localização por rastreamento para gestão de equipes, oferecendo informações em tempo real às empresas.

Das cinco empresas, AppProva e Heap Up já estavam em Belo Horizonte e a Leva-Lá vem de Lavras, que fica a 230 quilômetros da capital mineira. A GoGeo vem de Goiás e a Sensimob, criada em San Francisco, nos Estados Unidos, é a única participante estrangeira do grupo. “As cinco startups tem muito potencial. Vamos ajudá-las a se transformar em negócios de sucesso”, ressalta o responsável pelo projeto Acelera-MGTI, Felipe Byrro.

O programa Start-Up Brasil terá uma segunda rodada de seleção ainda este ano, com prazo para submissão das propostas em 19 de novembro. Cada empresa selecionada recebe um aporte de até R$ 200 mil do Governo Federal para estruturação da equipe, além de passar por um processo de aceleração dentro de uma das nove aceleradoras credenciadas.

O Projeto Acelera-MGTI é uma realização das entidades que representam o setor de TI em Minas Gerais (Assespro-MG, Fumsoft, Sindinfor e Sucesu Minas), em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura de Belo Horizonte, entre outros órgãos públicos e privados.