fique_por_dentro-fácil_287x123O aprimoramento, através do constante esforço, é sempre um caminho para o sucesso. Esta foi a trilha que a Fácil Sistemas, de Guanhães, associada da Fumsoft, seguiu ao buscar a certificação MPS.BR. Após mais de um ano de processo a empresa recebeu o certificado em nível G, com uma ressalva extremamente positiva, a nota 10, máxima possível. Este acontecimento, para uma empresa instalada fora dos grandes centros, o que exige ainda maior dedicação, certamente é motivo de alegria e grande sensação de dever cumprido.

A filosofia da Fácil sempre manteve foco na qualidade de seus produtos, conta o analista de sistemas Amaury Sette, que coordenou a equipe no longo processo para a certificação. “Percebemos que a cultura de processos é fundamental para aumentar a qualidade dos produtos, além de melhorar a interação e satisfação da equipe, o que também é fundamental para a evolução dos nossos produtos”, ele conta. O analista diz ainda que o apoio da equipe da área de Qualidade da Fumsoft, orientando a empresa através de consultorias presenciais, foi fundamental para o resultado.

O MPS.BR é um modelo para o aprimoramento dos processos e qualidade na criação de softwares. O analista Amaury explica que a equipe da Fácil Sistema enxergou no MPS uma forma de reforçar a cultura do constante aperfeiçoamento de seus produtos de software. O diretor da Fácil, Neymar Messias, reforça a ideia, “nosso processo de desenvolvimento de software, baseado no modelo MPS.BR, fez com que o desempenho de nossa empresa melhorasse como um todo, tornando-a uma empresa mais produtiva e com mais qualidade em seus produtos de software”.

A Fumsoft, através de Carlos Barbieri, coordenador da área de Qualidade, setor responsável pelas consultorias que apoiaram a Fácil Sistemas, compartilha da alegria e orgulho da empresa mineira. Barbieri fez questão de frisar a energia dos empreendimentos instalados nas várias regiões do estado, “nesse processo merece destaque a força que existe nas empresas do interior. Quando recebem um mínimo apoio, como o que dispensamos a Fácil, demonstram sua pujança. Esta é uma confirmação de que a inteligência não é restrita à geografia”.

Amaury Sette, alinhado com a posição da empresa, afirma que após a obtenção do nível G do MPS.BR, a empresa já estuda os próximos passos, “vimos um ganho real de maturidade e qualidade de processos, assim, a Fácil já tem planejamento para seguir com os próximos níveis do MPS Software, esperamos em breve iniciar a implantação do nível F, além da implantação e certificação também do MPS Serviços”.