destaque_fumsoft_287x123Minas Gerais vem se destacando como um estado promissor para o surgimento e crescimento de startups e empresas de base tecnológica. Agrega regiões que são polos de TI, conta com universidades que promovem boa formação e investimento em pesquisa e desenvolvimento, além de espaços de coworking e de troca de experiências e conhecimento entre os profissionais que atuam nesse mercado, criando uma cultura de empreendedorismo e inovação.

Minas é o segundo estado em número de startups do Brasil, possui mais de 400 empresas, mais de 20 incubadoras distribuídas em 16 cidades mineiras e é o segundo maior estado em número de empresas de TI e biotecnologia do Brasil. O ecossistema prospera devido a parceria entre empresas, universidades e órgãos de governo, na visão da Gerente do P7 Criativo, Márcia Andrade.

Nesse sentido, o projeto P7 Criativo nasce como uma oportunidade de se trabalhar a indústria criativa como instrumento estratégico no desenvolvimento socioeconômico do estado, contribuindo também para a inovação, atração de investimentos, inclusão social e internacionalização da economia mineira.

Segundo Márcia, o objetivo é a criação de um espaço destinado a ampliar a densidade desse ecossistema em Minas, abrigando em um ambiente de colaboração e empreendedorismo, startups, empresas inovadoras e de alta intensidade tecnológica nos segmentos do design, moda, software, games e audiovisual.

O P7 Criativo tem como importante missão conectar empresas e talentos para gerar negócios inovadores e sustentáveis. Além disso, visa proporcionar articulação entre empreendedores, empresas, startups, coletivos e fundos de investimentos interessados em alavancar suas iniciativas inovadoras.

Conheça as principais vantagens que as empresas possuem para se instalem no P7 Criativo.

Sobre – O P7 Criativo é fruto da união de forças da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas) e do governo estadual por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior (Sedects) e da Fundação João Pinheiro (FJP).

MINI MAKER FAIRE 

Buscando cada vez mais estar conectado com o mundo da criatividade e inovação, o P7 estará presente na FINIT – Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia, que será realizada no período de 30 de outubro a 05 de novembro de 2017, no Expominas. Uma realização e promoção do Governo do Estado por meio da Sedectes.

Simultaneamente, o P7 Criativo promoverá a ARENA P7 CRIATIVO e, no dia 02 de novembro, dentro da FINIT, a Mini Maker Faire, evento da economia criativa totalmente voltado para o futuro, mostrando makers que estão explorando novas tecnologias.

Márcia explica que é a maior feira de invenções do mundo, onde o foco é a economia criativa. O festival apresenta inovação e experimentação em todo o espectro da ciência, engenharia, arte, desempenho e artesanato. A Mini Maker Faire é uma exposição, não uma competição. “Realizar a primeira Mini Maker Faire BH, imersa em um ambiente inovador e criativo, tem como objetivo principal promover a integração de empresas de base tecnológica, geração de negócios e a troca de conhecimento. Permitirá grande visibilidade à BH, formando uma grande rede de conhecimento e networking de pessoas com interesses comuns”.

O evento conta com exibição de invenções de todo tipo e atividades nas mais diversas áreas como tecnologia, impressão 3D, ciências, artesanato, engenharia, design, música, robótica, artes e cultura. “Qualquer pessoa com projetos e protótipos físicos relacionados às novas tecnologias e inovação podem ser expositores na Maker Faire. Crianças, adultos, hobbistas, laboratórios de garagens, equipes acadêmicas e empresas podem mostrar para o mundo o que estão desenvolvendo diariamente. O mais importante é trocar conhecimento!”