simplificaO transporte de cargas, de qualquer tamanho, pode ser uma tarefa simples e interativa. Pelo menos, assim pensam três empreendedores de Varginha, no sul de Minas, que se uniram para criar a Simplifica Fretes, uma empresa que trabalhará com a intermediação do transporte de cargas entre quem precisa despachar algum objeto e as empresas transportadoras. O trabalho foi acompanhado por consultores da Fumsoft e contou com apoio do Sebrae Minas, através do Sebraetec.

Luiz Paulo Silva Pinto, Davi Santiago e Eduardo Labre já possuíam experiência na área de logística e perceberam que havia espaço para o trabalho de encurtar o caminho entre quem precisa despachar uma encomenda e as empresas que podem levar o volume até seu destino. Para tornar real sua ideia, os empreendedores contaram com o apoio de Leandro Libério, Eduardo Loureiro e Charles Schaefer, consultores da área de Inovação e Negócios da Fumsoft, que orientaram os empreendedores na formação de um produto mínimo viável, MVP, e buscaram recursos para o projeto por meio do programa Sebraetec.

O cofundador da Simplifica Fretes, Luiz Paulo, conta que a nova empresa surgiu de uma necessidade que ele e seus sócios observaram no mercado, “meus sócios e eu trabalhamos com assessoria em comércio exterior e toda essa cadeia logística. Notamos que neste mercado há um grande gargalo, visto que hoje em dia uma simples cotação de fretes demora em média 48 horas, com inúmeras ligações e e-mails entre a empresa que demanda o frete e as transportadoras que oferecem o serviço, além de muitas transportadoras despreparadas. Nossa meta é agilizar este processo com o nosso portal possibilitando que o frete possa ser contratado em apenas alguns minutos”.

 Luiz Paulo explica que a Simplifica Fretes é um gateway de fretes nacionais, que funcionará via internet. Com o sistema será possível realizar consultas informando os dados físicos das cargas como peso bruto, dimensões, valor da nota fiscal, tipo de produto, tipo de embalagem, incluindo containers, etc. Após o preenchimento dessas informações, o sistema fará uma busca no banco de dados e selecionará as transportadoras em condições de realizar o serviço para o cliente. Pela Simplifica o cliente poderá optar pelo fechamento de fretes escolhendo as transportadoras com base em informações como os preços e os prazos de coleta e entrega. “Estaremos externando para o público uma ferramenta de fácil manuseio, simples e segura”, arremata Luiz Paulo Silva Pinto.

O consultor da Fumsoft, Leandro Libério, que trabalhou no projeto como coordenador, conta que a equipe de Inovação e Negócios ajudou os empreendedores da Simplifica Fretes passando a eles o conhecimento na elaboração de um produto mínimo viável, para que pudessem testar seu modelo de negócio. Esse apoio foi importante, pois Luiz Paulo Silva Pinto, Davi Santiago e Eduardo Labre nunca trabalharam na criação de um projeto de base tecnológica. O consultor Leandro fala sobre o trabalho e sobre os resultados, “trabalhar com a equipe Simplifica Fretes foi um desafio que valeu a pena. São três jovens, alguns já casados e com filhos, com o sonho de empreender. Viram a oportunidade de transformar a empresa que eles trabalhavam num parceiro estratégico para um novo negócio. Eles juntaram suas competências para desenhar uma solução online para área de logística. Acredito que tenham amadurecido muito e que os próximos investimentos em TI serão bem direcionados”.

O consultor Eduardo Loureiro, que trabalhou diretamente no projeto, conta como a equipe da Fumsoft atuou junto ao pessoal da Simplifica Fretes, “nós fizemos para eles todo o desenvolvimento do sistema que está no ar, as etapas de arquitetura de informação, design de interação, design visual e a implementação”.

Eduardo Loureiro explica que o Simplifica Fretes é na verdade um produto B2B – business to business – onde as transportadoras pagam uma taxa para estar no motor de busca do sistema. Para os usuários, inicialmente, será totalmente gratuito. No futuro a intensão dos empreendedores é colocar serviços intermediários para o usuário final, como seguro, nessa fase haverá cobrança dessas ofertas extras para o usuário final.

Por fim, o consultor Eduardo avalia o trabalho realizado junto aos empreendedores do Simplifica Fretes e faz um alerta a quem deseja abrir um negócio próprio, “é bom frisar, que os empreendedores têm um grande know how sobre a área, por trabalharem em uma grande empresa de logística. Até por isso, eles tiveram a ideia do projeto, pois eles tinham muita necessidade de ter um canal mais rápido para comparar e contratar transportadoras, que não fosse ficar ligando para cada uma delas para cotar os preços dos fretes. Por esse motivo, o insight que eles tiveram tem embasamento, pois eles próprios são clientes da solução que desenvolveram. Por esse motivo, e até comparando com outros empreendedores que já atendemos via Sebraetec, acredito que o projeto deles tem muito potencial, pois é comum os empreendedores terem uma ideia sem antes ter estudado ou identificado uma necessidade real do mercado, o que dificulta a adoção da solução por parte dos usuários e o consequente sucesso do projeto”.